Quais os custos para se manter um site?

Quando pensamos em iniciar um novo negócio ou traçar estratégias para ampliar aquele que já temos, um dos passos mais importantes é planejar os custos que estarão envolvidos no processo. Não é diferente quando temos em mente a criação de um site. Embora muitas pessoas tenham o conceito de que a Internet é “livre”, criar uma imagem profissional de sua empresa na rede através de um site pode gerar alguns custos.

Domínio

Uma das “obrigações” para criar um site profissional é comprar o seu próprio nome de domínio, ou seja, seu endereço na Internet (por exemplo: www.gratishospedagem.com.br). Os preços de domínio variam de empresas para empresas. A maior responsável pelo registro de domínios no Brasil é o Registro.br (www.registro.br), onde o custo é de R$ 30,00 / ano por domínio.

Um nome de domínio é necessário para gerar credibilidade e dar longevidade ao seu website, portanto, esse custo deve ser sempre inserido no seu orçamento ao planejar um website.

Hospedagem

Um serviço que causa controvérsia entre os novatos é a hospedagem. Já que existem empresas que oferecem esse serviço gratuitamente, você pode se perguntar: “por que gastar com isso já que posso ter de graça”? Porém, o que é de graça pode acabar saindo caro.

A empresa que oferece o serviço de hospedagem é responsável por manter as informações do cliente em segurança, estáveis e sempre acessíveis através de seu site. No entanto, as hospedagens gratuitas, muitas vezes, falham nesses quesitos. Se você está buscando uma solução profissional, deve encontrar uma hospedagem paga.

Quais os custos para se manter um site?

Planeje seus custos corretamente para não ficar sem dinheiro no meio do processo

Os valores podem variar bastante de uma empresa para outra. A média do mercado é de R$ 20,00 para os planos mais básicos. Esse valor é pago mensalmente e é possível obter descontos caso o cliente opte por contratar a empresa por um período maior – um ano, por exemplo – e adiantar o pagamento referente a esse período. Esses planos mais básicos costumam comportar sites simples ou não muito complexos.

Software

Alguns softwares também pode gerar custos na hora de criar e manter um site, sejam eles softwares locais ou online. Você pode precisar de um software para programar seu site (local) ou pode optar por um CMS (Content Management System – Sistema de Gerenciamento de Conteúdo), um software online que traz a possibilidade de se trabalhar com temas prontos e adicionar conteúdo conforme necessário.

Quais os custos para se manter um site?

Sabendo planejar, pode sobrar dinheiro para investir na divulgação do seu site

Exemplos de softwares locais pagos são Sublime Text e Adobe Dreamweaver (que podem ser substituídos por softwares gratuitos que desempenham a mesma função, como Komodo e NVU). Já como exemplos de CMS pagos, podemos citar ExpressionEngine e Squarespace (o WordPress e o Joomla! São plataformas de CMS gratuitas amplamente utilizadas e geralmente atendem bem as necessidades de todos os projetos).

Deixe sua opinião “Quais os custos para se manter um site?